Ir direto para menu de acessibilidade.
In�­cio do conte�ºdo da p�¡gina
Últimas notícias

SNCT 2018: Confira os destaques do evento

  • Publicado: Sexta, 19 de Outubro de 2018, 17h03
  • Última atualização em Segunda, 22 de Outubro de 2018, 11h32
  • Acessos: 283

Iniciada na quinta-feira, 18, a Semana de Ciência e Tecnologia do Campus Jacobina do IFBA apresentou uma variedade de ações gratuitas e abertas à sociedade. No primeiro dia de evento, os próprios alunos deram as boas-vindas ao público através de muita cantoria, embalados por violões e cajón.

Na sequência, o diretor de ensino, Andson Rocha, e o diretor geral pro tempore, Beliato Campos, convidou toda a comunidade para participar das atividades da Semana, que aconteceram até sábado, 20. Beliato aproveitou a ocasião para destacar o desempenho do campus no âmbito do tripé ensino-pesquisa-extensão, elencando tanto a quantidade quanto a qualidade de trabalhos aprovados em eventos científicos, bem como projetos em andamento, a exemplo do de robótica, em evidência durante os três dias de programação.

imagem: Diretor Geral no palco, com slide ao fundo demonstrando a identidade visual da SNCT; público em perspectiva (D/E) imagem: apresentação musical dos estudantes do campus (6), que se encontram no palco, além de público nos assentos do auditório

A primeira mesa-redonda foi mediada pelo docente Ernani Lacerda e contou com a contribuição da pedagoga Eliene Sales e do técnico em assuntos educacionais Daniel Neves, mestres em educação e diversidade e integrantes do Núcleo de Apoio às Pessoas com Deficiência (NAPNE) do campus. Na sua fala, Eliene destacou os resultados da pesquisa de mestrado, desenvolvida com professores do IFBA, acerca da diversidade no ambiente educacional. “A maioria dos profissionais não está preparada para lidar com as diferenças sejam étnico-raciais, de gênero ou no campo das deficiências. Temos muitas leis, mas na prática ainda há muita luta”, comentou. Como fruto de seu trabalho, será montado um observatório virtual da diversidade para compartilhamento de experiências sobre a temática.

imagem: Pedagoga Eliene Sales ao microfone, ao lado do docente Ernani Lacerda (mediador do debate) e do técnico em assuntos educacionais Daniel Neves; slide ao fundo imagem: Daniel Neves ao microfone, ao lado de Eliene e Ernani, com slide ao fundo; mesa ao centro da foto com público nas extremidades da imagem

Em seguida, Daniel mencionou a invisibilidade dos estudantes deficientes e a necessidade de superar esse cenário, sobretudo no ambiente educacional. Ainda pela manhã, houve torneio de robôs de sumô com equipes formadas por alunos voluntários e bolsistas do projeto extensionista e institucional para difusão da robótica. Segundo Jander Lopes, estudante do curso técnico de eletromecânica e um dos líderes da ação, o próximo passo será a organização de novas competições e a preparação para a prova prática da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR), que prevê confecção de protótipo para simular o resgate de vítimas, desviando de obstáculos num cenário hostil. 

imagem: dois robôs ao centro da imagem, rodeados por uma plateia de alunos

Na segunda mesa-redonda, mediada pela professora Mariana Gonçalves, o debate foi protagonizado pela geóloga e docente do IFBA Talita Gentil e pelo representante da Comissão Pastoral da Terra (CPT) Thomas Bauer sob o título “Mineração, Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social”. Na sua explanação, o convidado enfatizou a diferença entre crime e acidente ambientais, exemplificando os conceitos através de fotos e vídeos de sua autoria. “Além de Bento Rodrigues, mais nove comunidades foram atingidas pelo rompimento da barragem de rejeitos da mineradora Samarco, o mais grave ocorrido no país. Até hoje as famílias vivem de aluguel na cidade, impedidas de manter a rotina nos seus locais de origem”, lamentou, complementando a reflexão com prints da missão e dos valores das empresas descritos em suas páginas na internet. À noite, ocorreram outras mesas-redondas, dentre elas, "Constituição Cidadã: 30 anos da Democracia Brasileira", com o historiador Valter de Oliveira (Uneb) e docentes do IFBA.

imagem: Thomas Bauer, ao microfone, com slide ao fundo e público em perspectiva (E/D)

A sexta-feira foi marcada por apresentações orais e em formato de pôster, ao lado de experimentos científicos, ações que movimentaram o Ginásio de Esportes do campus com a presença de alunos de outras instituições de ensino. Um dos destaques foi o Campeonato de Pontes de Espaguete, experimento interdisciplinar que envolve conhecimentos básicos das áreas de cálculo, como física e matemática, além da engenharia de materiais.

imagem: público caminhando pela quadra e ao redor das mesas prestigiando as apresentações  imagem: estudantes atrás e ao redor de mesa com maquete de casa alimentada pela energia eólica

imagem: estudante explanando conteúdo para outro aluno ao lado de banner

imagem: prof. Tércio e estudantes observando a ponte; as pessoas preenchem a foto, ocupando toda a área da cantina imagem: profs. Tércio e Talita, além de estudantes, observando a ponte construída com espaguete e colocada entre duas mesas para suportar o máximo de peso

Mesas-redondas também fizeram parte da programação do dia, abordando assuntos como sustentabilidade e inclusão social, sob o olhar tanto do poder público quanto da academia e sociedade civil organizada.

imagem: palestrante à frente e quatro pessoas na mesa; slide ao fundo

Mesa-redonda sobre sustentabilidade, democracia e inclusão

Nas tardes da quinta e sexta-feira minicursos e oficinas dinamizaram o Instituto, enquanto que, no sábado, último dia do evento, outras atividades de robótica, apresentação cultural e gincana se sobressaíram. Confira mais fotos e vídeos em www.facebook.com/ifcampusjacobina

 imagem: profa. Kelly explanando conteúdo ao lado de projeção de slide para turma em sala de aula

 imagem: participantes do minicurso praticando a compostagem na área do estacionamento do campus; aluno regando resíduos e outros ao redor observando

Minicurso "Compostagem doméstica de resíduos orgânicos"

 imagem: Daniel caminhando de braços dados com aluna de olhos vendados

Oficina "Recursos Pedagógicos para o Ensino de Pessoas com Deficiência Visual"

Saiba mais

O tema da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia deste ano é "Ciência para a Redução das Desigualdades”, fruto da Agenda 2030, estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU), sobretudo de seus objetivos para a promoção do desenvolvimento sustentável. A ideia é fomentar os usos sociais da ciência e tecnologia por meio da popularização de conhecimento em prol da melhoria da qualidade de vida e do empoderamento da população. Fonte: SNCT/MCTIC

 Texto: Verusa Pinho

Fotos: Verusa Pinho, Carlos Santana, Bruna Iohanna, Kelly D'Esquivel e Acervo Multidisciplinar/NAPNE

registrado em:
Fim do conte�ºdo da p�¡gina